quarta-feira, 6 de julho de 2016

Polícia de Piedade prende professora supostamente envolvida no sequestro de uma adolescente

Vera Lúcia Stelzer
    Uma professora que trabalha na rede estadual de ensino em Piedade está presa temporariamente por 30 dias, por ser apontada de estar envolvida no sequestro de uma adolescente que reside em Piedade e estuda na mesma escola onde a professora ministra aula.

    O sequestro da adolescente ocorreu no dia 29 de junho de 2016, quando ela se dirigia para a escola onde estuda. Após sequestrar a adolescente, o sequestrador telefonou para a família e exigiu R$ 70 mil para libertar a vítima. A família comunicou o caso à Polícia Civil de Piedade e no dia 01/07 a Polícia Civil localizou a adolescente num bairro da zona rural daquele município. Não houve pagamento de resgate.

    Ao iniciar a investigação a respeito da autoria do crime a polícia identificou fortes indícios que apontavam suposto envolvimento da professora Vera Lúcia Stelzer de 51 anos. Os elementos complementares fortaleceram a suspeita ao ponto de levar o delegado titular de Piedade, Oscar Garcia Machado Júnior pedir a prisão temporária da professora Vera Stelzer, que reside na Vila Olinda, na mesma cidade.

    A juíza titular da 2ª Vara Criminal do Fórum de Piedade, Francisca Miller de Abreu concordou com o pedido do delegado e determinou a prisão da docente, que é cliente de um salão de beleza da família da adolescente. Na quarta-feira à tarde, 06/07, policiais civis foram na casa da mãe da professora no Bairro Roseira, na área rural de Piedade e prenderam a professora. Após a captura dela e o registro de captura na Delegacia da cidade a polícia encaminhou Vera Stelzer à Cadeia Feminina, em Votorantim.

    O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato

Nenhum comentário:

Postar um comentário