sábado, 28 de fevereiro de 2015

Jovem de Salto de Pirapora morre no hospital após ser alvejado por tiro

Um jovem morreu no pronto-atendimento da Santa Casa de Salto de Pirapora, após ter sido atingido por um tiro em seu tórax. Danilo Tavares Rosa de 23 anos, apelidado de "Batatinha" sofreu o tiro ao abrir a porta de sua casa.

A residência do jovem é situada na Rua Avelino Antunes Marques, no Jardim Avenida, próximo ao Bairro Campo Largo. O crime ocorreu na sexta-feira à noite (27/02). A polícia investiga a motivação e a autoria do delito.

O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato.


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Preso em Sorocaba o acusado de cometer a primeira morte violenta de 2015

O acusado de praticar o primeiro homicídio de 2015 em Sorocaba está preso desde quarta-feira (25/02), durante a Operação Sorocaba, que visava ao cumprimento de mandados de busca e apreensão na região. Pedro Nogueira da Silva, procurado por matar Ronieri Paiva de Siqueira, ambos de 39 anos, foi encontrado em casa, no Jardim Bom Sucesso. Seu irmão, Josaete Nogueira da Silva, de 45, também procurado pela Justiça, foi detido no mesmo local.
 
Ronieri trabalhava no canteiro de obras dos prédios da Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHH), no quilômetro 3,5 da rodovia Emerenciano Prestes de Barros. No dia 9 de janeiro, ele saiu do trabalho por volta das 16h30, quando foi atingido por um disparo no tórax. O operário chegou a ser socorrido pelos bombeiros ao Pronto-Atendimento da zona norte, mas não resistiu aos ferimentos.
 
O caso começou a ser investigado pela equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), que descobriu que a morte teria sido motivada por vingança. Pedro e Ronieri moravam em Tabira, em Pernambuco, e já haviam se desentendido. Ronieri e seus familiares mudaram-se para Sorocaba e, depois disso, seu conterrâneo veio morar na cidade, continuando as ameaças que já fazia naquele Estado. 
 
Após o cruzamento de dados, a polícia identificou Pedro como autor deste homicídio e de outro, praticado em 1998, em Pernambuco, com a participação de Josaete. A vítima era Gérson Pereira de Carvalho. Dois anos depois, Pedro foi preso e cumpriu pena até 2011; já seu irmão conseguiu fugir e veio a Sorocaba para conseguir emprego como pedreiro. 
 
Com o esclarecimento da morte de Ronieri Paiva de Siqueira, os agentes do 8º Distrito Policial começaram as buscas e localizaram os irmãos no Jardim Bom Sucesso. Pedro tinha um mandado de prisão temporária contra ele e foi conduzido à unidade transitória de São Roque; Josaete, com mandado de prisão preventiva, foi recolhido ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba. 

Reproduzida do Site Diário de Sorocaba.

Líder do PCC é capturado pela Polícia Civil de Sorocaba

Robson Oliveira
Um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital é capturado por agentes do 8º Distrito Policial de Sorocaba, após ser reconhecido em um bar, no Jardim Santa Esmeralda, no dia 19 de fevereiro de 2015. 

Segundo as investigações, Robson Nunes de Oliveira, 32 anos, o "Berró", mandou matar Wagner Prudente de 37, que era envolvido com crime e viveu desentendimentos dentro da facção. O homicídio ocorreu no dia 29 de setembro de 2008.

Robson Oliveira já havia sido capturado pela primeira vez no dia 20 de junho de 2007, durante uma operação feita pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), em apartamentos da Avenida Santos Dumont, zona norte. Na época, a polícia deteve vários integrantes do PCC por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Robson Oliveira passou por várias unidades prisionais cumprindo pena na Penitenciária de Assis. Lá, ele passou a liderar detentos ligados à facção e planejou a morte de Wagner. Um “tribunal do crime” foi organizado dentro da prisão para julgar se o rapaz merecia ou não morrer. Após todos concordarem com a morte, Robson Oliveira contatou com membros do PCC que estavam em liberdade e determinou que eles matassem a vítima. 

Robson Oliveira continuou a cumprir pena por tráfico de drogas e saiu da penitenciária no dia 1º de outubro de 2014. No dia 24 do mesmo mês, a Vara do Júri expediu um mandado de prisão preventiva contra ele pelo homicídio praticado em 2008.

No último dia 19, os policiais do 8º DP faziam diligências pelo Jardim Santa Esmeralda e o reconheceram. A polícia prendeu o acusado no momento que ele entrava num bar, na Rua Monsenhor Mauro Vallini. Após ser interrogado, Robson Oliveira foi conduzido ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.

Reproduzida do Site Diário de Sorocaba. 

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Lavrador morre após acidente com máquina agrícola em área rural de PIedade

O lavrador Antonio Aparecido Vieira de 57 anos, operava um trator numa área rural do Bairro Caetezal de Baixo, em Piedade, quando por motivo desconhecido a maquina agrícola tombou sobre o lavrador. Familiares de Antonio resgataram-no e acionaram socorro.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência levou o lavrador ao proto-atendimento da Santa Casa de Piedade, contudo, o homem chegou morto. O caso aconteceu na quinta-feira pela manhã. A vitima que morava no Bairro Sarapuí dos Torres no mesmo município sofreu fraturas no tórax.

Fonte: Blog Bom Dia Piedade. 

Jovem é preso em Sorocaba acusado de envolvimento com drogas

O jovem Leandro Gabriel da Silva de 18 anos, está preso desde quarta-feira (25/02) após uma equipe de policiais militares localizar sob a responsabilidade dele 143 papelotes de maconha pesando 258 gramas. 

Ainda havia 55 microtubos contendo cocaína, pesando 46 gramas da substância proibida, uma balança que era utilizada para pesar drogas e a quantia de R$ 16,00. 

A polícia apresentou o jovem no Distrito Policial. O flagrante de tráfico de droga foi ratificado (artigo 33 da lei 11.343/2006). O caso aconteceu no Parque São Bento.

Não dá para viver sem notícia.

Indivíduo é preso em Sorocaba por possuir pistola 9 mm

O indivíduo Valdi José Ribeiro dos Santos conduzia um veículo Vectra de cor prata, placa de Sorocaba CTJ 5193, quando policiais militares abordaram o veículo e encontraram 4 projeteis calibre 9 mm intactos. 

Ele confessou que possuía uma arma calibre 9 mm em sua residência, na Rua Santiago Hidalgo Ruiz, Jd Maria Antonia Prado, em Sorocaba.

A polícia foi até à casa dele e localizou uma pistola 9 mm e mais 5 projeteis do mesmo calibre, intactos. A arma, os projeteis e o indivíduo foram apresentados no Plantão Policial da Av. Gal Carneiro. 

A delegada Silvia Elmara Monteiro ratificou flagrante de posse ilegal de arma de uso restrito e porte de munições (artigo 16 da lei 10.826/2003). O indivíduo permanece à disposição da Justiça. O caso aconteceu  quarta-feira (25/02).

Não dá para viver sem notícia.

Duas pessoas morrem após acidente na SP 79 entre Piedade e Votorantim

Uma carreta carregada com hortifrutigranjeiros tombou e atingiu uma motocicleta Honda CG 150 e um Ranault Sandero de cor cinza ao trafegarem pelo km 107,7 da Rodovia Raimundo Antunes Soares (SP 79) entre Piedade e Votorantim. O veículo de carga teria invadido a contramão de direção.

O motoqueiro Sérgio Yamanaka Rodrigues de 31 anos, residente no Jd Europa, em Sorocaba e o condutor do automóvel José Victorino Dias de 41 anos, residente no Bairro Guatambu, em Piedade, sofreram lesões graves e foram levados ao pronto-socorro do Hospital Regional, mas não resistiram e faleceram.

O motorista da carreta, Júnior Theodoro Andrade de 34 anos, morador em Campo Grande-MS, que segundo à polícia estaria sob efeito de bebida alcoólica também foi levado ao Hospital Regional e após ser liberado a polícia o prendeu sob acusação de causar homicídio doloso (dolo eventual: sabe do risco que impõe, mas insiste na conduta). O fato ocorreu na quarta-feira à tarde (25/02).

Fonte: Blog Bom Dia Piedade. 

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Desfecho do Crime - Acusado por homicídio em Sorocaba é condenado a cumprir 10 anos de reclusão

A auxiliar de enfermagem Renata Cristina de Oliveira vivia um relacionamento conjugal marcado por brigas constantes com o operário da construção civil, Edimilson Contrin da Silva, após 11 anos, o casal separou. Renata foi morar na casa da mãe dela, cerca de 09 meses depois, Renata foi morar  com Felipe Batista Vieira Pires dos Santos, na Avenida Itavuvu, Bairro Casa Branca, em Sorocaba.

Duas meninas do casal ficaram com Renata e um menino com o pai Edimilson. O caso chegou aos ouvidos do Edimilson, ele lembrou-se que sua filha comemorava aniversário, comprou um celular usado e convidou Carlos Alexandre Teles Freire, convidou também um adolescente e chamou José Luiz de Souza que era proprietário de um Santana de cor branca; todos entraram no carro e foram em direção ao Bairro Casa Branca. Edimilson havia comprado um revólver na "Feira da Barganha, em Sorocaba, e entregou o revólver ao menor. 

O Santana ficou estacionado numa esquina próxima da casa, Edimilson desceu do carro e invadiu a casa. Encontrou o casal, após discussão entre os três, Edimilson agrediu com ponta pé a ex-companheira Renata, depois desse ato Felipe e Edimilson se enfrentaram: Felipe dominou Edimilson e retirou o invasor do interior da casa levando-o até a saída do portão da casa. Edimilson chamou  os demais e pegou o revólver que estava com o adolescente e em seguida disparou cinco tiros contra Felipe. 

O rapaz caiu no quintal e morreu. Os quatro entraram no carro e fugiram. Houve comunicação rápida do crime; policiais militares interceptaram o carro na Avenida Itavuvu e detiveram os quatro. O caso aconteceu em 31 de maio de 2011. A justiça determinou internação do menor; o flagrante dos três maiores foi convertido em prisão preventiva. 

Julgamento

Na terça-feira pela manhã (24/02), o Tribunal do Júri julgou o caso. O promotor de justiça Marcos Fábio Pinheiro pugnou pela condenação de Edimilson e Carlos, por homicídio duplamente qualificado com torpeza e meio que dificultou a defesa da vitima: artigo 121, parágrafo 2º inciso I e IV  do Código Penal, e reconheceu que não havia elementos jurídicos suficientes que apontassem culpabilidade do réu José Luiz, por isto pediu sua absolvição. 

O defensor de Carlos, o advogado Alan de Augustinis alegou que Carlos não participou e nem foi coautor do crime, por essa razão pediu absolvição. O advogado Fábio Pereira fez criticas porque teria apresentado pedidos de liberdade de Carlos, mas sem sucesso e o réu permaneceu preso sem  ser culpado. O advogado Claudinei Fernando Machado rebateu as duas qualificadoras e pediu condenação ao Edimilson por homicídio cometido sob efeito de violenta emoção. 

Os jurados absolveram Carlos e José Luiz e entenderam que Edimilson cometeu homicídio sob efeito de violenta emoção, todavia entenderam que houve a qualificadora da surpresa. A juíza Adriana Tayano Fanton Furukawa impôs 10 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado. Carlos e José Luiz serão libertados na quarta-feira (25/02), e Edimilson vai recorrer da sentença, mas permanecerá preso em Sorocaba.

Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Homem do tráfico é surpreendido pela PM de Sorocaba

Por intermédio de denúncia anônima, à Polícia Militar soube que um rapaz vendia drogas e poderia ser encontrado numa casa da Rua Júlio Magalhães, Bairro Mineirão, em Sorocaba. Uma equipe policial foi averiguar a denúncia e abordou o suspeito na garagem da referida casa.

Jonas Willian F. Rodrigues de 25 anos, não portava ilícito, todavia após ele franquear entrada aos policiais, foi encontrado no interior da residência 163 gramas de  maconha e a quantia de R$ 119,00, supostamente arrecadada da venda de droga. O rapaz que tem passagem por furto, tráfico e roubo, está preso como incurso no artigo 33 da lei 11.343/2006 (tráfico de droga). O caso aconteceu domingo (22/02).

Não dá para viver sem notícia.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Sete pessoas responsáveis por 12 mil porções de drogas e 1,5 kg de crack são surpreendidas pela Guarda Civil de Sorocaba

Na noite de Domingo (22/02) a Guarda Civil deteve em flagrante por tráfico de drogas, Gaete Rodrigues, 25 anos, Welchaaday Batista Leão, 24 anos, David Anselmo Moreira, 28 anos, Rogério Gomes, 28 anos, Andrei Gustavo da Silva Francisco de 20 anos, e dois adolescentes 14 e 17 anos; todos surpreendidos efetuando manipulação e embalagem de grande quantidade de entorpecentes no Bairro Paineiras, em Sorocaba.

Próximo à unidade do Sabe Tudo, uma guarnição da Ronda Municipal, foi acionada por um munícipe, informando que pela Rua Maria de Lourdes Ayres Moraes havia uma residência ao lado de um terreno baldio, onde se via todos os dias um rapaz por volta das 19h, saindo com uma motocicleta portando entorpecentes e fazendo distribuição de drogas no bairro. 

A equipe seguiu para o local indicado, avistando o homem e a motocicleta descrita pelo denunciante conversando com outro rapaz, momento que notaram a aproximação da viatura, conseguindo o condutor da moto deixar o local. 

O comparsa que estava a pé correu para o interior da casa subindo um acesso de escada gritando “a casa caiu”, sendo então abordado na cozinha. No outro cômodo outros 06 homens foram flagrados manipulando e embalando uma grande quantidade de entorpecentes, sendo eles cinco adultos e dois adolescentes. Foram apreendidos cerca de 12.000 porções de cocaína (8,5 Kg), 1,5 kg de crack, além de uma balança de precisão e cerca de 3.000 frasconetes vazios que seriam utilizados para embalar a droga.

Os fatos foram apresentados no Plantão Policial Norte à autoridade policial, sendo os  maiores autuados em flagrante por tráfico (artigo 33 da lei 11.343/2006) e encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba; os adolescentes foram autuados por ato infracional de tráfico e liberados aos responsáveis mediante assinatura de termo de compromisso.

O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Homicídio na zona norte de Sorocaba é esclarecido pela DIG

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) esclareceu a morte do travesti Ericklis Luan de Lima Seribelo, o "Letícia", 19 anos, ocorrida no dia 6 de novembro de 2014, no Jardim Tortelli, zona norte. O também travesti Paulo Eduardo Silva de Almeida, o "Adrielli" de 26, era procurado pelo crime e foi preso no início de janeiro de 2015, acusado pelo assassinato de outro rapaz em Osasco-SP. 

Segundo o delegado Acácio Aparecido Leite, Paulo matou Ericklis com uma facada no coração, devido a uma dívida. “Os dois trabalhavam no mesmo ponto de prostituição. No início das investigações, descobrimos que o autor, não identificado na época, procurou a vítima para cobrar uma dívida, que não foi paga. Ele, então, disse que o mataria por isso e assim o fez.”

Na ocasião, Ericklis foi atacado quando estava na Rua Paschoal Bruno Coraza, próximo ao Centro Esportivo Dr. Pitico. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. 

A equipe do setor de homicídios da DIG prosseguiu em busca do criminoso, através de redes sociais e pesquisas em bancos de dados, mas sem sucesso. “Nós não possuíamos o nome do acusado, mas somente o apelido. Conversamos com o dono da casa de prostituição onde eles trabalhavam e até mesmo com outros travestis, que só souberam nos informar que ele era nascido em Belém do Pará.” 

No dia 13 de janeiro, Paulo foi identificado quando a polícia o prendeu em flagrante por ter matado outro travesti, também com uma facada no peito, em Osasco. Ele está detido no Centro de Detenção Provisória de Belém, em São Paulo, foi trazido para Sorocaba, onde prestou depoimento na DIG. A polícia investiga agora a possível participação de outra pessoa na morte ocorrida em novembro do ano passado. 

Reproduzida do Site do Diário de Sorocaba.

Rapaz de Itapetininga sofre acidente fatal na Vila Nova Itapetininga

Um veículo Corsa de cor azul, placa de Itapetininga DIU 1521 colidiu na traseira de um automóvel Siena de cor preto, placa de Poá-SP FFX 9967, que estava estacionado na Rua Brigadeiro José Vicente, Bairro Nova Itapetininga, em Itapetininga, no final da madrugada de domingo (22/02).

Após o impacto, o Corsa capotou em seguida e provocou morte instantânea do condutor do Corsa, Carlos Eduardo Leme de Oliveira, 26 anos. A adolescente D.C.L.O.T de 16 anos, que também estava no Corsa sofreu lesões aparentemente leves, ela foi levada ao hospital e permaneceu sob cuidados médicos, mas não corre risco de morte. Ambos são moradores do bairro onde ocorreu o acidente.

O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Dona de bar no centro de Ibiúna é acusada de vender droga

Dona do Bar
Guarda Civil, Polícia Militar e agentes da Vigilância Sanitária realizaram operação no "Bar da Zélia" localizado na Rua Zico Soares, no centro de Ibiúna, que resultou na apreensão de 95 pedras de crack e a quantia de R$ 348,05, quantia supostamente oriunda da venda de entorpecente.

A polícia deve a proprietária do estabelecimento comercial, Maria Ozélia Ramalho de 64 anos. A mulher foi apresentada na Delegacia daquela cidade, onde foi registrado o caso de tráfico de droga (artigo 33 da lei 11.343/2006). O fato aconteceu na sexta-feira à tarde (20/02).

Não dá para viver sem notícia.

Traficante é flagrado com 30 quilos de drogas, no Jardim Lopes de Oliveira, em Sorocaba

A Polícia Militar surpreendeu um homem de 34 anos, acusado de gerenciar o tráfico de drogas no Bairro Lopes de Oliveira, em Sorocaba, o indivíduo era responsável por 30,5 quilos de maconha. 

O fato aconteceu na tarde de quinta-feira (19/02). Ele foi encontrado por uma equipe da Força Tática após uma denúncia anônima. 

A equipe, formada pelos soldados Colonesi, Ricardo Silva e cabo Correa, foi informada de que Valter Almeida Ramos, o "Belo" havia recebido grande quantidade de entorpecentes durante a madrugada, ao lado da casa dele.

Os policiais foram à Rua Eugênio Oliveira Cirne e encontraram o rapaz num matagal, transferindo as drogas para outra pessoa, por volta das 14 horas. Eles permaneceram de campana no local, por cerca de uma hora, e notaram que o acusado fazia várias porções.

Depois, ele se dirigiu a outro matagal e continuou produzindo porções de drogas. Passados alguns minutos, os policiais o abordaram com 41 porções de maconha, escondidas em seu bolso. 

Na casa do traficante, os policiais localizaram 4 mil pinos vazios num carrinho de cachorrão, uma balança de precisão, um caderno com anotações referentes a venda de drogas e o restante da maconha, em tabletes. A soma total dos entorpecentes é 30,5 quilos. 

A polícia indiciou e prendeu Belo por tráfico de drogas (artigo 33 da lei 11.343/2006), e encaminhou o criminoso ao Centro de Detenção Provisória. Ele já havia sido indiciado antes pelo mesmo delito 
Reproduzida do Site Diário de Sorocaba.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Ajudante geral de Piedade confessa que matou ex-colega de trabalho movido por vingança

A Polícia Civil prendeu na quarta-feira à tarde (18/02), o ajudante geral Claudeir Salustiano de 33 anos, morador da Vila Moraes, periferia de Piedade, acusado pela polícia, e réu confesso de ter matado Elizabete Angélica Ferreira de 26 anos.

O homicídio aconteceu na madrugada de 12 de fevereiro de 2015, no interior da casa dela, situada no Bairro Miguel Russo, área rural daquele município. De acordo com a confissão do assassino, ele e sua esposa trabalhavam num barracão que beneficia verduras, em Piedade, o encarregado pelo serviço operacional era namorado de Elizabete, por esse motivo Elizabete cobrava empenho do casal no serviço e à cobrança gerou desentendimentos. Durante às discussões, Claudeir teria proferido ameaça de morte contra Elizabete. Por causa dos desentendimentos o casal saiu do serviço.

No início da madrugada de 12 de fevereiro, Claudeir invadiu o quintal da casa de Elizabete e quando ela foi ao sanitário, ele entrou na casa, quando ela retornou na casa ele disparou dois tiros de espingarda calibre 22. Os disparos atingiram o rosto e a cabeça da mulher, que morreu no local.

Claudeir foi para sua casa, comentou com alguém da família dele que havia cometido o homicídio e depois fugiu para Juquiá, onde permaneceu por três dias. Ele retornou para Piedade, ao saber que era procurado pela polícia, Claudeir apresentou-se na Delegacia da cidade acompanhado de advogado e narrou detalhes do crime. Ele está preso no CDP de Sorocaba. O resultado parcial da investigação e após a confissão do acusado a polícia deverá solicitar conversão da prisão temporária por prisão preventiva.


Fonte: Blog Bom Dia Piedade.   

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Polícia Militar de Sorocaba prendeu 33 pessoas durante o Carnaval e apreendeu drogas e armas

A Polícia Militar, buscando propiciar maior percepção de segurança à população no município de Sorocaba e atenta ao período de feriado relativo ao Carnaval, desenvolveu uma série de atividades com o objetivo da manutenção da ordem pública nesse período. 

Operação Direção Segura, a fim de inibir a prática de infrações de trânsito e a condução de veículos sob a influência de álcool. Operação Saturação, voltada à redução de índices criminais nos bairros de maior incidência. Operação Cavalo de Aço, focada na abordagem de motocicletas, muitas vezes utilizadas na prática de roubos. Operação Visibilidade, nos principais pontos de concentração de pessoas e festividades, dentre outras ações policiais, todas com o objetivo de proporcionar segurança à população sorocabana nesse período de festas.

Neste Carnaval 2015 tivemos eventos tranquilos, estando a Polícia Militar presente, inclusive empregando 460 policiais a mais de efetivo nas ruas. A população, no geral, divertiu-se amistosamente, mas ainda prendemos em flagrante uma pessoa dirigindo alcoolizada, sendo esta uma constatação de que as pessoas ainda continuam ingerindo bebida alcoólica e dirigindo, o que aumenta a chance de em um momento de festividades, provocar acidente de trânsito que pode acabar com vidas.

A Polícia Militar realizou, em Sorocaba, 4.357 abordagens, o que resultou em 33 pessoas presas, sendo 11 menores. Foram apreendidos 5,600 Kg (cinco quilos e seiscentos gramas)  de drogas (maconha, cocaína e crack), 2 armas de fogo apreendidas e 43 munições.

Dentre as ocorrências em destaque está o flagrante de furto a residência no dia 15 em que os policiais em patrulhamento suspeitaram de uma motocicleta Fan que empreendeu fuga, o indivíduo foi detido e, após constatação do furto da motocicleta do interior da residência o abordado foi preso em flagrante delito e a motocicleta devolvida à vítima.

Outra atuação de destaque da mesma data foi a prisão de três pessoas no Bairro Prestes de Barros que haviam roubado um veículo no dia 13, com os presos foi localizado o veículo e munições de diversos calibres, que, possivelmente, seriam utilizadas para o cometimento de outros crimes.

No dia 17 tivemos como exemplo da atuação da Polícia Militar em Sorocaba a prisão de dois autores de furto de dois veículos na cidade. Foram duas ocorrências distintas em que policiais de áreas de responsabilidade diversas se depararam com um veículo suspeito, e ao tentarem abordá-lo o condutor empreendeu fuga, dando início ao acompanhamento. 

Em ambas situações o condutor abandonou o veículo e tentou fuga, entretanto, os Policiais Militares o prenderam, constatando, em seguida, que o veículo acabara de ser furtado. Os autores dos furtos foram presos em flagrante e os veículos devolvidos às vítimas.

Neste Carnaval foram também apreendidos 3 (três) simulacros de arma de fogo, sendo que um deles foi utilizado em um roubo e o autor foi preso em flagrante pela Polícia Militar. Este tipo de ocorrência serve para alertar a população sobre a utilização de armas de brinquedo, um objeto que muitas vezes entra nas casas do cidadão de modo despretensioso, em formato de brinquedos para suas crianças, que, se fizermos uma avaliação mais apurada, podemos perceber que é totalmente nocivo à família. Por isso a Polícia Militar orienta a não dar este tipo de objeto às crianças, objeto que faz menção à ação criminosa e que pode ser utilizado como meio do crime.

Estas e outras atuações foram realizadas pela Polícia Militar de Sorocaba trazendo com elas uma maior sensação de segurança para que o cidadão pudesse festejar com tranqüilidade.

Texto Oficial.




Tragédia na periferia de Salto de Pirapora

Um caso passional terminou em tragédia no final da noite de terça-feira (17/02), na Rua Otelo Castelani, Jardim Teixeira, periferia de Salto de Pirapora. O desempregado Emerson Rosa de Almeida de 30 anos, empunhou um revólver calibre 38 e se dirigiu até a casa da ex-esposa S.M.A tentando matá-la, mas não conseguiu.

O homem saiu na rua e disparou um tiro contra sua própria cabeça. Uma ambulância socorreu a vitima até o pronto-atendimento da Santa Casa daquela cidade, no entanto o desempregado não resistiu à lesão e faleceu na Santa Casa.

O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Roubo de motocicleta no Bairro Valinhos, em Tatuí

No início da manhã de terça-feira (17/02), três indivíduos ocupando um Fiat Uno de cor clara rendeu um motoqueiro e um deles roubou sua motocicleta CG Titan 150 de cor prata, placa de Tatuí DTO 1799.

O crime contra o patrimônio aconteceu na Rua XI de Agosto, próximo da Faculdade Santa Bárbara, Bairro Valinhos, em Tatuí. O caso foi registrado pelo delegado José Luís Silveira Teixeira. 

Segundo reclamação do motoqueiro Malaquias Mariano Oliveira de 42 anos, um dos ladrões fez menção de portar uma arma de fogo em sua cintura e rendeu-lhe, em ato contínuo o ladrão montou na motocicleta e fugiu. A polícia investiga o caso.

Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição. 

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Acidente mata filho de policial rodoviário de Salto de Pirapora

No início da manhã de sábado (14/02),  ao trafegar pelo km 117,5 da Rodovia João Leme dos Santos (SP 264) um utilitário Montana  teria invadido a contramão de direção e provocou colisão frontal com um automóvel Celta de cor branco.

O condutor do Celta, Matheus Nascimento Sanches de 26 anos, e o motorista do Montana, Fábio do Prado e o passageiro do utilitário Montana, Vanderson Medeiros foram levados ao hospital.

Matheus Sanches, morador da Rua Gonçalo Correia, Jardim Paulistano, em Salto de Pirapora, não resistiu às lesões e faleceu na Santa Casa daquela cidade. A vitima fatal é filho de um policial rodoviário morador da mesma cidade. Os sobreviventes moram em Sorocaba.

O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato.  

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Desfecho do Crime - Júri de Sorocaba condena indivíduo acusado de matar desafeto por causa de cachaça

O conselho de sentença do Tribunal do Júri de Sorocaba proferiu quinta-feira (12/02) a primeira sentença condenatória de 2015, ao reconhecer culpabilidade que o funileiro Luiz Fernando de Góes Almeida, 35 anos, é o responsável pela morte do ajudante de serviços gerais Ednaldo Faustino Dias de 34 anos; crime cometido na tarde de 18 de abril de 2010, no quintal da casa da vitima, situada na Rua André Fernandes, Vila Angélica, em Sorocaba.

Após deliberação do conselho de sentença, a juíza Adriana Tayano Fanton Furukawa condenou Luiz Fernando a cumprir 13 anos de reclusão (artigo 121 do Código Penal). A punição foi proposta pelo promotor de justiça Eduardo Francisco dos Santos Júnior, narrando que na data do fato, Ednaldo Faustino fora entregar vasilhames de bebidas alcoólicas num bar da Vila Angélica e naquele comércio estava Luiz Fernando que ofereceu ao Ednaldo Faustino uma dose de cachaça, mas Ednaldo Faustino serviu a pinga a outra pessoa e isto teria enfurecido Luiz Fernando.

Ednaldo Faustino foi para a residência da mãe dele, Lúcia Benedita Dias, mais tarde Luiz Fernando chegou em frente à residência de Lúcia Benedita num Fiat Uno de cor bege e invadiu o quintal chamando Ednaldo Faustino para sair da casa. A mulher tentou evitar a invasão e sofreu um empurrão, em seguida Luiz Fernando teria disparado um tiro contra ela, porém não atingiu a mulher. 

Ednaldo Fautino saiu em defesa da mãe e entrou em confronto físico com Luiz Fernando, durante a briga Luiz Fernando se afastou, sacou a arma de fogo e disparou três vezes atingindo seu desafeto. Depois dos tiros, Luiz Fernando entrou no Fiat Uno que era conduzido por outra pessoa e ambos fugiram. Ednaldo Fautisno foi levado ao Hospital Regional, no entanto morreu antes de chegar no hospital. A autoria do delito foi relatada pelo delegado assistente da Delegacia de Investigações Gerais, Basílio César de Sá Cassar. 

Luiz Fernando que também morava na Vila Angélica, está preso por outro processo, ele nunca assumiu responsabilidade pela morte do ajudante geral, negou na polícia e durante as duas fases do processo; em plenário o seu advogado Ulisses Henrique Gonçalves postulou pela absolvição dizendo que Luiz Fernando é inocente, mas os jurados rejeitaram a tese. A ótica do promotor é que os fatos narrados pelo processo indicam autoria inequívoca por parte de Luiz Fernando, que foi reconhecido três vezes pela mãe da vitima (duas vezes na polícia e uma vez no fórum diante do juiz). 

Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura.   

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Traficante conhecido por "Alemão" é preso no Jd Baronesa, em Sorocaba

Alemão Capturado
Homens da Força Tática de Sorocaba apreenderam drogas e prenderam o indivíduo que era responsável pelos entorpecentes. Segundo informação da polícia, a ação policial ocorreu no início da tarde de quinta-feira (12/02), no Jardim Baronesa.

Luiz Henrique de Camargo, 18 anos, apelidado por "Alemão" seria o responsável por uma réplica de espingarda, 36 porções de maconha, 219 porções de crack e três tijolos e meio de maconha. Os milicianos apresentaram as drogas e Alemão no Distrito Policial da zona norte da cidade. Ele está preso por tráfico de drogas (artigo 33 da lei 11.343/2006).


Não dá para viver sem notícia. 

DISE de Itapetininga prende acusado por tráfico de entorpecentes

Everton José
Policiais civis da Delegacia de Investigação Sobre Entorpecente cumpriram mandado de busca e apreensão numa casa da Rua Eliziaro Martins de Mello, Vila Regina, em Itapetininga, e apreenderam 65 gramas de maconha, mais crack e cocaína.

A polícia prendeu o responsável pelos entorpecentes, Everton José da Silva de 31 anos, ele é acusado e estar preso por cometer tráfico de drogas (artigo 33 da lei 11.343/2006). 

A ação da Polícia Civil apoiada pela Guarda Civil de Itapetininga ocorreu na quinta-feira pela manhã (12/02). A polícia ouviu denúncia anônima que o rapaz vendia ilícitos, a denúncia foi confirmada razão pela qual resultou em expedição de mandado de busca domiciliar. 
Materialidade do Delito


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

Polícia de Piedade prende vendedor de drogas

No final da noite de quarta-feira (11/02), em Piedade, os policiais militares soldados Paiz e Lara, acionados para averiguação de um indivíduo em atitudes suspeitas, deslocaram-se para a Praça da Bandeira, no centro da cidade.

Ivanil Aparecido da Silva, ao perceber a aproximação dos policiais, tentou dispensar um maço de cigarros, porém os policiais perceberam e após a abordagem localizaram o referido, que continha 03 porções de maconha, 13 porções de crack e R$ 50,00 em espécie. Ele está preso sob acusação de tráfico de drogas (artigo 33 da lei 11.343/2006).

Não dá para viver sem notícia.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Polícia prende 4 delinquentes no interior de uma casa no Bairro Central Parque, em Sorocaba

Quatro marginais armados com dois revólveres sem numeração invadiram uma residência e renderam duas pessoas do sexo masculino. 

Alguém percebeu a ação dos criminosos e acionou o telefone de urgência da Polícia Militar (190). Equipes se deslocaram para a Rua Bruno Ferro, no Bairro Central Parque, e cercaram a referida residência.

Um criminoso que estava no quintal da casa foi o primeiro a ser detido, em ação contínua a polícia invadiu o local e deteve os outros três que estavam no interior do imóvel juntamente com as duas vitimas. Os ladrões haviam separado um revólver calibre 38, uma arma longa e uma pistola calibre 380. 

Segundo informou um dos ladrões aos policiais, em frente a residência do lado de fora havia um quinto marginal no interior de um Fiat/Stilo de cor prata, mas acredita-se que este percebeu a aproximação das viaturas e fugiu. A polícia apreendeu as cinco armas.

Os quatro indivíduos foram levados ao Plantão Policial da Avenida General Carneiro, são eles: Rodrigo Nascimento Silva, 29 anos, Janderson Pereira de Oliveira, 22 anos, Victor de Lima Dias, 18 anos, e Adeilton Fonseca de Oliveira, 25 anos, todos estão presos, acusados por roubo (artigo 157 do Código Penal). O caso aconteceu na quarta-feira (11/02).

Não dá para viver sem notícia.

Acusado pela morte de funileiro é preso pela DIG de Sorocaba

O jardineiro Carlos Marcos Domingues de 38 anos, apelidado por "Tucão" está preso desde terça-feira pela manhã (10/02), acusado de matar o funileiro Adriano Roberto Antunes de 29, no Bairro Cidade Jardim. O homicídio, esclarecido pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG), foi praticado no dia 23 de março de 2011, devido desavenças por tráfico de drogas. 
 
Conforme o delegado José Humberto Urban Filho, o indivíduo Carlos Marcos comandava o tráfico no bairro e temia que o funileiro Adriano Roberto pudesse se tornar um futuro traficante, abrindo uma espécie de “concorrência” por pontos de entorpecentes.
 
Na época, populares encontraram um homem caído num terreno baldio, próximo a um córrego, na Rua Francisco Madia, por volta das 7h30. A Polícia Militar foi acionada e constatou que se tratava de Adriano Roberto, atingido por tiros no braço esquerdo e na cabeça.
 
Uma testemunha localizada pelo setor de investigações da DIG, disse que a vitima estava morando com a avó paterna, na rua onde sofreu homicídio. Segundo ela, o funileiro tinha envolvimento com drogas e estava num bar, em frente à casa dele, quando o criminoso lhe cercou. 
 
O acusado apareceu no local e chamou a vitima para resolverem um assunto, por volta da 1 hora. O homem saiu com um revólver calibre 22 e foi atrás do criminoso. Momentos depois, a testemunha ficou sabendo que o funileiro estava “louco” e ouviu disparos pela madrugada. Horas depois, o corpo dele foi encontrado no terreno baldio. 
 
Carlos Marcos Domingues foi encontrado em sua casa, no Jardim Itanguá. Policiais cumpriram mandado de prisão preventiva e encaminharam o preso ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.

Reproduzida do Site Diário de Sorocaba.

Força Tática de Sorocaba captura jovens acusados de roubar carro

Dois marginais roubaram um Fiat/Strada de cor cinza com placa de Sorocaba FDJ 8845, no Bairro Wanel Ville. Policiais da Força Tática foram informados que os delinquentes estavam numa motocicleta.

A motocicleta foi vista transitando com dois ocupantes pela Rua Araceli P. Antunes, quando o veículo chegou na esquina com Av. Adão P. Camargo, no Jardim Aeroporto, os policiais interceptaram a motocicleta.

O condutor da CG 125 de cor preta, Alexandre Richard Santos de 21 anos, não portava ilícito, mas era procurado pela Justiça, acusado de cometer tráfico de entorpecente.

O que estava na garupa, Kaíque Johny Santos de 19 anos, portava um simulacro de pistola. Eles informaram que o Fiat/Strada estava abandonado na Rua Luíza Antonio Cabrera, Jd Aeroporto. A polícia recuperou o veículo utilitário. Ambos estão presos (artigo 157 do Código Penal). O fato aconteceu na terça-feira (10/02).


O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Definido novo procedimento para bloquear celulares furtados e roubados em São Paulo

A Secretaria da Segurança Pública definiu com as operadoras de telefonia o procedimento para garantir o bloqueio efetivo dos celulares furtados e roubados, para diminuir os crimes envolvendo estes equipamentos.
Em reunião com os representantes das empresas, no gabinete do secretário, foi anunciada a edição da Resolução 3/2015, da Secretaria da Segurança Pública, que centralizará no DIPOL (Departamento de Inteligência) da Polícia Civil todas as requisições de bloqueio para as operadoras de telefonia no prazo máximo de 12 horas.
“Queremos que os IMEIs (International Mobile Equipment Identity) sejam efetivamente bloqueados”, explica o secretário. “Os IMEIs são o ‘documento de identidade’ dos celulares e, uma vez bloqueados, impedem o funcionamento e a comercialização destes celulares no mercado ilegal, tornando inútil o furto e roubo desses equipamentos”, disse o secretário.
As ocorrências com celulares foram um dos principais fatores que resultaram, no Estado, no crescimento de 20,6% dos roubos de 2013 para 2014. Especificamente, os roubos de celulares cresceram 149,59%.
Conforme a resolução, que deverá ser publicada neste sábado (7) no Diário Oficial do Estado (DOE), o Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIPOL) solicitará o bloqueio dos IMEIs de celulares furtados e roubados diretamente às operadoras – antes da resolução, apenas as vítimas podiam adotar o procedimento junto às empresas de telefonia.
O secretário ainda anunciou que um grupo de trabalho será criado para estudar outras medidas para aprimorar a medida. “Este grupo terá três participantes de cada operadora, de três áreas técnicas diversas, para conseguir - a partir dessa experiência - um mecanismo que seja imediato”.
Nova sistemática
A resolução prevê que, durante os registros dos boletins de ocorrência de roubo e furto de celulares, os delegados coletem a autorização das vítimas para que a Polícia Civil possa proceder à solicitação do bloqueio. 
A nova sistemática também permitirá que isso seja feito quando o crime for registrado pela Delegacia Eletrônica. “Já determinei que seja feita uma mudança no site da Delegacia Eletrônica para incluir esta autorização, pelas vítimas”, afirmou o secretário.
A dificuldade em inutilizar celulares roubados e furtados é considerada pela SSP como um dos facilitadores da prática de crimes. Isso porque, antes da resolução, somente quem tinha um celular subtraído podia pedir, às operadoras, o bloqueio, que, geralmente, só era solicitado em relação ao chip e não ao IMEI.
No caso do chip, apenas a linha telefônica fica inutilizada, permitindo a comercialização dos aparelhos no mercado ilegal. Quando o IMEI é bloqueado, o celular fica sem uso.
A SSP também encaminhará ao governador Geraldo Alckmin minuta de projeto de lei que prevê a proibição da comercialização de aparelhos que desbloqueiam o IMEI. O projeto prevê o cancelamento da inscrição estadual dos estabelecimentos que descumprirem a determinação.
Quanto aos comércios irregulares dos desbloqueadores, a Polícia Civil irá aprimorar a investigação e apreensão deste tipo de produto. “Nós pedimos à Delegacia Geral para intensificar o combate a essa pirataria. Não adianta nos preocuparmos com estabelecimentos regulares, se não atacar o irregular. Mas, como isso não necessita de nenhuma mudança legislativa, começaremos imediatamente”.
Reproduzida da Secretaria da Segurança Pública.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Jovem é preso em Salto de Pirapora após danificar viatura da PM

Lucas Pereira "Danificador de Viatura"
Policiais militares foram atender ocorrência de desinteligência familiar numa casa da Rua Dos Damarqueiros, Quintas II, em Salto de Pirapora, segundo reclamação do solicitante um indivíduo teria empurrado o sogro.

A polícia chegou ao local e solicitou que o averiguado Lucas Pereira da Silva, 19 anos, apresentasse seu documento de identidade, mas ele se negou apresentar o documento e demonstrou-se aborrecido, por esse motivo os policiais puseram-no na viatura e o conduziu para a Delegacia.

Durante o trajeto, Lucas Pereira teria quebrado o vidro lateral esquerdo da viatura. Apresentado na Delegacia, o delegado Gilberto Montenegro Costa Filho prendeu o indivíduo como incurso no artigo 163, inciso III do Código Penal (dano ao patrimônio público).

Por haver disposição legal, o delegado arbitrou fiança de R$ 1 mil, mas não foi pago. Lucas Pereira foi levado ao sistema prisional e permanece à disposição da Justiça. O crime ocorreu sábado à noite.


Não dá para viver sem notícia.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Acusado por estupro de vulnerável é detido pelo pai da vitima e levado para a Delegacia de Salto de Pirapora

Pedreiro Benedito
Na quarta-feira (04/02) aconteceu um fato inédito na Rua José Rodrigues Fernandes, Jardim Cachoeira, em Salto de Pirapora e em seguida numa residência do mesmo bairro.

No início da noite, naquela rua (isto mesmo, em plena rua), o pedreiro Benedito Donizete da Silva, 50 anos, aparentemente embriagado teria conversado com um menino de 08 anos e sua irmã de 04 anos, durante à conversa baixou as vestes da menina e depois pediu que ela tocasse no seu pênis.

Ao presenciar aquele ato, o menino chamou sua irmã e procurou sua mãe que estava na casa e contou-lhe o ocorrido. A mulher ligou para o esposo e este se dirigiu ao bairro e localizou o pedreiro no interior da casa de outra pessoa no mesmo bairro (Jd Cachoeira).

O pai narrou o caso ao dono da casa, ao ouvir a reclamação o dono da casa permitiu o pai entrar na casa e deter o suspeito. Populares do bairro se aproximaram da casa para linchar o suspeito, mas o pai da menina pôs o suspeito no carro e o levou para a Delegacia da cidade. O pedreiro confirmou o fato, porém alegou que o menino de 08 anos foi quem baixou as vestes da irmã.

O delegado Gilberto Montenegro Costa Filho prendeu o pedreiro como incurso no artigo 217-A (estupro de vulnerável). O homem não tinha passagem pela polícia, ele é natural de Itajubá-MG, mas mudou para Salto de Pirapora e morava sozinho no bairro, onde o fato aconteceu.


Não dá para viver sem notícia.   

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Jovens são presos após roubo na entrada de Salto de Pirapora

Dois indivíduos assaltaram um transeunte, no interior do "Posto Trevão" estabelecido na Rua Benedito Goes Vieira à margem da rodovia SP 264, entrada de Salto de Pirapora. Após roubar a quantia de R$ 140,00, os meliantes fugiram em direção ao Bairro Teixeira, periferia daquela cidade.

A vitima acionou a Polícia Militar e informou as características físicas e vestes dos ladrões. Uma guarnição composta por cabo Gomes e soldado Souza diligenciou pelas ruas do Bairro Teixeira e capturou Erick Gonçalves de 19 anos,.

Com ele a polícia encontrou uma réplica de pistola, após sua detenção, Erick delatou seu comparsa, o jovem da mesma idade, Lucas André Pontes.

Ambos estão presos sob acusação de roubo (artigo 157 do Código Penal). O crime ocorreu no início da madrugada de quarta-feira (04/02).

Não dá para viver sem notícia.