quinta-feira, 31 de julho de 2014

Polícia de Sarapuí divulga qualificação do homem que assassinou o ajudante geral Marcelo Batista

A Polícia Civil de Sarapuí informou a qualificação do homem acusado pela morte do ajudante geral Marcelo Batista Luís de 35 anos, em frente uma lanchonete, no Bairro Cocais, na madrugada de domingo (27/07).

Marcelo Batista, morador do Cocais, vivia um clima de rixa com o eletricista Emerson Teixeira Soares de 38 anos, e naquela madrugada ambos entraram em luta corporal, sendo que Marcelo Batista superou o desafeto espancando-o de maneira absurda.

Após ter sofrido à surra, Emerson Teixeira foi até a casa dele no mesmo bairro, armou-se com uma faca, retornou ao local da briga e praticou o homicídio. A vitima morreu no local e o autor do crime fugiu.

A polícia de Sarapuí já diligenciou pelo Bairro Cocais, mas não localizou o homicida. Quem souber o paradeiro do criminoso pode ligar para o setor de investigação da Polícia Civil de Sarapuí (15) 3276-1122.


Não dá para viver sem notícia. 

terça-feira, 29 de julho de 2014

Homem é preso em Salto de Pirapora por descumprir medida imposta pela Justiça

A Polícia Civil cumpriu mandado de prisão preventiva recolhendo na prisão o motorista Nilson Vaz de 47 anos, morador da Rua Espirito Santo, Bairro Campo Largo, em Salto de Pirapora.

Nilson Vaz estava separado da cozinheira C.D.A de 44 anos e, havia uma determinação da Justiça para ele se manter distante 500 metros da ex-mulher. 

Na manhã de 17 de junho de 2014, seu ex-marido teria se dirigido até a casa dela e proferiu ameaça. A mulher procurou a polícia e registrou queixa, na mesma data no período da tarde, o ex-marido teria retornado na casa dela e novamente proferiu ameaça.

A mulher retornou na delegacia e registrou nova reclamação. Por causa desses fatos, o delegado titular de Salto de Pirapora, João Lúcio Pretty enxergou necessário uma medida mais eficaz para garantir a integridade da mulher e apresentou em juízo um pedido de prisão preventiva; a Justiça decretou a prisão, em 23 de julho. No início da tarde de terça-feira (29/07), os policiais civis prenderam Nilson Vaz e o conduziu ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.   

domingo, 27 de julho de 2014

Ajudante geral é assassinado no Bairro Cocais, em Sarapuí

A Polícia Civil de Sarapuí investiga a autoria de um homicídio ocorrido na madrugada de domingo (27/07), em frente a um estabelecimento comercial no Bairro Cocais.

Dois homens desentenderam e entraram em luta corporal dentro da lanchonete e continuaram brigando até o lado de fora. O desafeto sacou uma faca e golpeou várias vezes o ajudante geral Marcelo Batista Luís de 35 anos.

A vitima que morava no mesmo bairro morreu no local. O autor dos golpes fugiu em seguida; seu nome não foi revelado pela polícia.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição. 

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Desfecho do Crime - Acusado por homicídio em Araçoiaba da Serra é inocentado

Em 07 de julho de 1998, dois homens desentenderam e entram em luta corporal. Eles estavam em uma praça próxima a um bar, localizado às margens da Rodovia Celso Charuri, no Bairro Jundiaquara, em Araçoiaba da Serra.

Jideon Araújo de Oliveira, 25 anos, discutiu e em seguida brigou com Domingos Cleiton Fernandes apelidado de “Paraíba”, porque Paraíba teria feito gracejo para a esposa de Jideon. 

O pedreiro José Geraldo Coutinho de 27 anos (idade da época) trabalhava com Paraíba e por esse motivo José Geraldo tentara apartar a briga, mas conta que sofreu agressão de Jideon e seus irmãos. Paraíba conseguiu escapar das mãos de Jideon e saiu correndo não sendo mais alcançado. José Geraldo também conseguiu escapar e foi embora.

Mais tarde (40 minutos depois), José Geraldo encontrou com Ezequiel Ferraz da Silva de 37 anos (idade da época) que também trabalhava com Paraíba, contou o que ocorreu e os dois foram de carro até próximo ao local da briga, e encontram Jideon no interior do bar. 

Segundo acusação do promotor de justiça, Marcos Fábio de Campos Pinheiro, José Geraldo atraiu Jideon para fora do bar e naquele momento Ezequiel efetuou dois disparos com revólver que, atingiram o pescoço e o tórax de Jideon. A vitima foi levada ao hospital, mas não resistiu e morreu.

Os dois homens fugiram. A vitima Jideon e o autor dos tiros Ezequiel moravam em Jundiacanga, e José Geraldo morava e continua morando em Resende-RJ; naquela época veio para Araçoiaba da Serra para trabalhar de pedreiro. Em 2007, o conselho de sentença de Sorocaba entendeu que Ezequiel cometera o crime por legitima defesa e após essa deliberação Ezequiel foi liberado (excludente de ilicitude).

Corréu no banco dos réus 

Na terça-feira (22/07), o conselho de sentença de Sorocaba se reuniu novamente, dessa vez para julgar a conduta atribuída ao corréu José Geraldo. O promotor sustentou acusação de homicídio qualificado com torpeza (artigo 121, parágrafo 2º inciso I do Código Penal). Marcos Fábio Campos disse aos jurados que Ezequiel e José Geraldo se ajustaram para vingança contra Jideon e por isso seria justo condenar José Geraldo que teria atraído a vitima para fora do bar (concorreu para o crime). 

O advogado Flavio Luiz Soares Teixeira defendeu a negativa da autoria: “Quem disparou duas vezes atingindo a vitima foi o Ezequiel, e não meu cliente José Geraldo, por essa razão ele não é coautor do homicídio e, peço aos jurados que o absolva dessa acusação”, disse o defensor. O conselho de sentença inocentou o acusado e o juiz Danilo Fadel de Castro absolveu o acusado. Ezequiel e José Geraldo nunca estiveram presos por causa dessa acusação.


Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Polícia de Salto de Pirapora captura procurado pela Justiça

Um homem estava procurado pela Justiça em Salto de Pirapora, desde abril de 2014, acusado de praticar furto (artigo 155 da Código Penal).

Uma guarnição da Polícia Militar formada por cabo Wincler, cabo Azevedo e soldado André sabia que o homem era procurado e obteve informação de o homem estava na casa dele localizada na Rua Otávio Caetano, Jardim Cachoeira, e na manhã de terça-feira (22/07), os policiais foram na casa dele e o prenderam.

Maicon Weliton Torres de Camargo, 21 anos, foi apresentado na delegacia da cidade e depois transferido ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.


Não dá para viver sem notícia. 

Polícia de Sorocaba detém jovem do tráfico


O jovem Douglas Santos da Cruz de 18 anos estava em frente a sua residência na Rua Cel. Felix Esteves Júnior, no Bairro Ipanema Ville, em Sorocaba, e ao avistar uma viatura da Polícia Militar o jovem saiu correndo em direção ao interior da casa e dispensou porções de maconha.

Os policiais fizeram acompanhamento e além de abordarem-no encontraram dentro da casa mais maconha totalizando 743 gramas do entorpecente, mais 21 pinos contendo cocaína, também havia 23 frasconetes com crack e uma balança que era utilizada para pesar drogas.

As provas do crime foram apreendidas e o jovem conduzido ao Distrito Policial. O delegado Acácio Aparecido Leite ratificou a prisão em flagrante por tráfico de drogas (artigo 33 da lei 11.343/2006). O jovem está preso. O caso aconteceu na segunda-feira à tarde (21/07).


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Homem morre em acidente na zona rural de Piedade

Um veículo Gol de cor branca transitava por uma estrada rural do Bairro Douradinho e o motorista perdeu o controle da direção saindo da estrada e o carro colidindo num barranco.

O condutor Jairo Rodrigues dos Santos de 31 anos, residente no mesmo bairro, foi projetado para fora do veículo e na sequência arrastado, não resistindo aos ferimentos morreu no local.

Sua esposa, Jane Aparecida da Silva de 42 anos estava no carro e sofreu ferimentos leves, ela foi levada ao pronto-atendimento da Santa Casa de Piedade. O acidente ocorreu no sábado à noite (19/07).


Fonte: Blog Bom Dia Piedade. 

domingo, 20 de julho de 2014

Lavrador morre após acidente de moto no Bairro Liberdade, em Piedade

Um lavrador sofreu acidente ao trafegar em uma motocicleta por uma estrada rural do Bairro Liberdade, em Piedade. Segundo informação da polícia a motocicleta fora adquirida em leilão, portanto condução irregular.

Por volta das 15h de domingo (20/07), Nivaldo Pereira da Cunha de 35 anos, trafegava conduzindo a motocicleta em alta velocidade e por motivo desconhecido perdeu o controle do veículo e caiu no chão, em seguida a moto tombou sobre sua cabeça provocando morte instantânea.

O corpo do lavrador que morava no Bairro Caetezal, área rural do município, foi localizado por populares que em seguida acionaram a Polícia Militar.


O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato. 

Polícia de Sorocaba apreende droga e detém dois rapazes por tráfico

No curso de uma operação domingo pela madrugada (20/07), uma equipe da Polícia Militar abordou um veículo Santana cinza com placa de Salto-SP KLL 2706.

A abordagem ocorreu pela Rua Atanásio Soares esquina com Av. Itavuvu, na altura do Bairro Laranjeiras, em Sorocaba. No interior do carro foi encontrada uma bolsa com 140 pedras de crack. 

Os policiais apreenderam a droga e detiveram: Ricardo Pires da Silva de 23 anos, e Caíque Alexandre Procópio do Nascimento de 19 anos. 

Em diligência na casa dos suspeitos, os milicianos localizaram na casa de um deles, mais 317 pedras de crack, totalizando 457 pedras do entorpecente. Ricardo Pires era procurado pela Justiça e no momento da abordagem identificou-se como sendo Danilo de Oliveira Fagundes (identidade falsa). 

Na delegacia, o delegado Carlos Alberto de Oliveira ratificou o flagrante por tráfico de drogas e prendeu os dois (artigo 33 da lei 11.343/2006). Com relação ao Ricardo Pires a acusação também é por falsidade ideológica: artigo 299 do Código Penal. Os dois rapazes foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.


Não dá para viver sem notícia.   

Jovem de Sorocaba sofre tentativa de latrocínio

Um jovem chegava em sua residência na Rua Augusto Severo, Jardim Tortelli, em Sorocaba, quando foi surpreendido por dois criminosos. Um estava armado com revólver e foi anunciado assalto. O jovem ficou assustado e, por esse motivo o criminoso disparou um tiro que atingiu o tórax do jovem e depois disso saíram correndo.

Diogo Felipe Fernandes da Costa de 23 anos foi socorrido e levado ao pronto-socorro do Hospital Regional de Sorocaba, onde os médicos realizaram procedimento cirúrgico. A tentativa de latrocínio ocorreu no sábado à noite (19/07). A polícia investiga o crime.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Jovens de Sorocaba são flagrados com drogas

No início da tarde de quarta-feira (16/07) a Guarda Civil deteve em flagrante Rodrigo Almeida Matos, 19 anos, e Carlos Henrique Mendes Venceslau de 19 anos, por tráfico de drogas próximo aos Centros de Educação Infantis, CEIs 28 e 81, no Parque São Bento, em Sorocaba.

Uma guarnição da Ronda Municipal realizava o patrulhamento de rotina no bairro, quando um munícipe chamou a atenção da equipe informando que dois rapazes estavam vendendo drogas próximo aos CEIs, passando a descrição dos mesmos. 

Em posse das informações a guarnição se dirigiu para o local, ao adentrarem na Rua Maria Clara Vecina avistaram os dois rapazes descritos abaixados procurando algo numa moita, momento que ambos notaram e equipe correndo para dentro de um bar próximo, sendo abordados em seguida. 

Foi encontrado 01 porção de cocaína e R$ 30, e a quantia de R$ 40,00 R$ com o outro suspeito. Retornando ao local onde estavam anteriormente foram localizadas mais drogas e conforme informação fornecida por Carlos Henrique havia mais drogas em sua residência, sendo estas também apreendidas, somando ao todo 119 porções de cocaína, 13 porções de crack e 08 porções de maconha. 

Diante dos fatos o caso foi apresentado à autoridade no Plantão Policial Norte sendo ambos autuados em flagrante e recolhidos ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.

O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Força Tática de Sorocaba apreende droga, carro dublê, duas armas e detém dois homens

Uma equipe da Força Tática surpreendeu três indivíduos que estavam em frente uma casa da Rua Danielle Ferreira Apolinário, no Parque São Bento, em Sorocaba.

Um dos indivíduos saiu correndo com uma sacola na mão, e os outros dois investiram contra os policiais, no entanto foram dominados e algemados. 

Pietro Henrico Dal Bello Costa de 22 anos estava armado com uma pistola calibre 380, seu comparsa Rogério Pedroso de 23 anos portava um revólver calibre 32. 

No interior da casa, a polícia localizou a quantia de R$ 885,00 que supostamente é oriunda da venda de droga e 1.300 kg (um quilo e trezentos gramas de maconha). Em frente à casa havia um veículo S10 com placa de Ibiúna ETH 1911, mas ao realizar pesquisa os milicianos ficaram sabendo que o veículo era dublê.

Os policiais apreenderam o veículo, as armas, o dinheiro, outros produtos de procedência duvidosa e conduziram os dois indivíduos ao Plantão Policial. Ambos estão presos sob acusação de tráfico (artigo 33 da lei 11.343/2006), porte ilegal de arma (artigo 16 da lei 10.826,2003) e formação de quadrilha (artigo 288 do Código Penal). O caso aconteceu na quarta-feira (16/07).


Não dá para viver sem notícia.

Homem é assassinado com golpes de faca em via pública de Itapetininga

No início da noite de quarta-feira (16/07), por motivo ainda não esclarecido um homem assassinou outro aplicando golpes com faca na clavícula e no pescoço.

O crime ocorreu em frente uma casa na Rua Iolanda, Vila Santana, em Itapetininga. Rogério Nunes da Costa de 36 anos, que morava no mesmo bairro, não resistiu às lesões e morreu antes de ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

O suspeito da autoria fugiu do local, mas horas depois a polícia prendeu Luciano Nunes Dias de 37 anos, e o conduziu para uma prisão da região de Itapetininga.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Desfecho do Crime - Homem é condenado por tentativa de homicídio no júri de Sorocaba

O Tribunal do Júri de Sorocaba condenou o pintor Denison Roberto de Oliveira, 32 anos, a cumprir 4 anos, no regime inicial aberto. Ele está apenado porque no final da tarde de 26 de março de 2011 tentou matar o operador de logística Robson Thereza Santana de 33 anos.

Ambos viviam um clima de antipatia gratuita, nunca haviam ao menos discutido, no entanto não havia amistosidade. Ludimilla Fornazier Correia namorava com Denison e a moça trabalhava próximo ao trabalho de Elisangela de Souza Veras, que era namorada de Robson, e às vezes ambas saiam do trabalho juntas. 

Denison imaginava que Robson olhava com segunda intenção para sua namorada Ludimilla. No dia do fato, os dois dirigiam seus veículos pela Rua Atanásio Soares, Centro de Sorocaba e trocaram provocação de dentro dos carros. Mas tarde, os dois se encontraram no estacionamento de um shopping e entraram em luta corporal. 

O caso não acabou para Denison que, buscou um revólver emprestado no Bairro São Matheus onde mora em Sorocaba e saiu em direção à casa de Elisangela, na Rua Ministro Salgado Filho, porque sabia que poderia encontrar Robson, e de fato o encontrou em frente a casa, dentro do carro. 

Denison apontou a arma e exigiu que Robson saísse do veículo, mas Robson não saiu e naquele momento Denison efetuou um disparo atingindo a cabeça do desafeto; depois do tiro Denison fugiu.

A acusação inicial era de tentativa de homicídio qualificada com futilidade e recurso que dificultou a defesa da vitima (artigo 121, parágrafo 2ª incisos II e IV combinado com artigo 14 do Código Penal). Ao ser proferida a sentença de pronúncia (caso enviado ao júri), o advogado David Ferrari Júnior recorreu em sentido estrito e o Tribunal de Justiça aboliu a qualificadora da futilidade.

Na terça-feira (15/07), o promotor de justiça José Augusto de Barros Faro pediu punição por tentativa de homicídio simples (excluindo a qualificadora que restava). Os advogados David Ferrari e Pedro José de Lima formaram a mesma convicção (tese convergente). 

Denison respondia o processo em liberdade e compareceu na sessão de julgamento (15/07), durante o período da pena imposta, ele não poderá frequentar bar, deve se recolher em sua casa até às 22h, se precisar se ausentar de Sorocaba para outro estado por mais de uma semana deverá solicitar autorização ao juízo de Sorocaba, e terá que se apresentar no Fórum a cada 4 meses.


Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura. 

Homem do tráfico é surpreendido pela polícia de Salto de Pirapora

Está preso desde a madrugada de quarta-feira (16/07), sob acusação de tráfico de drogas (artigo 33 da lei 11.343/2006), o indivíduo Jaate de Almeida Gonçalves.

Ele vendia droga pela Rua João Silvério de Campos, no Jardim Paulistano, em Salto de Pirapora, quando foi surpreendido por uma guarnição da Polícia Militar que realizava patrulhamento ostensivo preventivo por aquele bairro. 

O homem tentou evitar que fosse abordado fugindo a pé para um pasto, todavia os policiais conseguiram abordá-lo e encontrando com ele 33 pedras de crack em um frasco e a quantia de R$ 115,00 que seria da venda de droga.

Na delegacia o indivíduo contou que comprou uma porção do entorpecente produziu as pedras de crack e vendia o produto proibido naquela rua onde foi visto pelos milicianos. 

O delegado Milton Andreoli determinou a prisão do indivíduo e após o registro o encaminhou para uma prisão da região de Sorocaba.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Jornalista de Sorocaba é suspeito de ter matado o médico Eduardo Guenka, afirma Polícia Civil

No final da tarde de 08 de junho de 2014, um homem apontou um revólver calibre 38 pela fresta do portão de uma casa na Rua Afonso Cavalini, no Bairro Santa Rosália, em Sorocaba, e efetuou vários disparos que atingiram o médico psiquiátra, Eduardo Guenka de 76 que, morreu no local do fato.

O filho do médico, Marcos Guenka e a nora do médico, Aline Marcheti Guenka também foram atingidos, mas após atendimento no Hospital Regional escaparam da morte. O assassino fugiu a pé e depois dispensou o revólver no jardim de uma casa próxima ao local do homicídio.

A Investigação.

A Delegacia de Investigações Gerais de Sorocaba direcionou à investigação para morte motivada possivelmente por vingança, apesar de saber que o médico não tinha inimigo declarado. Essa suspeita surgiu depois que a polícia ficou sabendo que o médico havia respondido um processo no CRM porque ele teria atendido o jornalista, João Eduardo Marcone Madureira de 50 anos, na casa do paciente. 

O médico teria atendido pedido da mãe de João Eduardo, porque o homem aparentava sofrer problema psiquiátrico. Posteriormente, o paciente João Eduardo representou contra o médico no Conselho de classe CRM alegando que o atendimento em sua casa no Centro de Sorocaba fora forçado. O processo no Conselho foi arquivado. Mãe filho viviam em demanda por bens da família 

A polícia conseguiu imagens que mostram o suspeito caminhando em direção ao local do crime e depois saindo do local. A justiça de Sorocaba determinou a prisão temporária do suspeito por 30 dias. João Eduardo está preso desde quinta-feira (03/07). 

O caso foi apresentado numa coletiva de imprensa na manhã de quinta-feira pela manhã (10/07), pelo delegado seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, o titular da DIG, José Urban e o delegado assistente da DIG, Acácio Aparecido Leite, no saguão da Delegacia Seccional de Polícia de Sorocaba. Nesta data, o delegado José Urban também solicitou à justiça, a prisão preventiva do suspeito que não confessa o crime, mas não nega autoria. 

A polícia acredita que João Eduardo deliberou matar o médico porque sua mãe pedira novamente ao médico que atendesse João Eduardo com a finalidade de interditá-lo judicialmente. O médico não atendeu a solicitação da mulher, mas talvez João Eduardo ainda imaginava que o médico poderia tentar realizar atendimento ambulatorial em sua residência novamente.


O segredo da credibilidade é ser fiel ao fato. 

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Força Tática aplica cana da brava detendo traficante de Salto de Pirapora e apreendendo duas armas

Uma equipe da Força Tática formada por sargento Passos, cabo Vieira e soldado Adilson, ouviu denúncia de que um homem estaria armado com arma de fogo pelo Bairro Jucurupava, em Salto de Pirapora. As características do indivíduo e o endereço do suspeito foram anotadas pela polícia. 

No início da noite de segunda-feira (07/07), a equipe se dirigiu ao bairro e localizou o suspeito. Alison Alves Ramos de 29 anos, estava armado com um revólver calibre 38 municiado e, com numeração suprimida (numeração raspada). O homem disse aos policiais que no interior de sua casa havia mais uma espingarda calibre 32 e também drogas.

A polícia averiguou o interior da casa e localizou a espingarda, 29 porções de maconha e 46 pinos contendo cocaína. Alison que é natural de Pilar do Sul, mas mora no local da abordagem, foi detido e conduzido para a delegacia de Salto de Pirapora, onde foi registrado crime por tráfico de drogas (artigo 33 da lei 11.343/2006) e porte ilegal de arma (artigo 16 da lei 10.826/2003). Posteriormente ele seria encaminhado para a cadeia transitória de São Roque.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.