quinta-feira, 26 de junho de 2014

Polícia de Salto de Pirapora aponta 6 suspeitos de roubarem R$ 2 mil e 4 carabinas de uma casa

Um rapaz de nome Kleber Cesário de Oliveira falou ao seu conhecido, Michel Augusto de Pontes, que um casal de idosos (tio e tia de Kleber) moravam sozinhos e guardavam armas e dinheiro na casa onde moram, situada na Rua Ovídio Leme dos Santos, Centro de Salto de Pirapora.

O sobrinho do casal de idosos teria indicado a “fita” e pediu partilha do dinheiro que seria roubado. Michel Augusto namora com Suelen de Almeida Santos e, segundo a polícia, o casal passou a fita ao Lucas Lopes Vasconcelos que se ajustou com Tulio Batista de Almeida e com a adolescente M.E.F. Houve conspiração para assaltar a residência, e para executar a trama, Suelen de Almeida pediu um veículo Prisma prata emprestado para a mãe de Lucas Lopes; a mulher emprestou o carro.

No final da manhã de 28 de maio deste ano, Tulio armado com revólver, Lucas Lopes e a adolescente invadiram a casa e renderam a mulher, que no momento estava sozinha. Eles roubaram quatro carabinas e a quantia de R$ 2 mil. Fizeram à partilha do dinheiro entre eles e enterraram as armas numa chácara localizada no Bairro São Manoel, no mesmo município. Dias depois desse assalto, a polícia de Piedade cumpriu mandado judicial prendendo Lucas Lopes, acusado por crime naquele município.

Na quarta-feira (25/06), a Polícia Civil de Salto de Pirapora inquiriu Tulio Batista e ele acabou confessando o crime, a participação dos demais, e informou onde as armas estavam enterradas. Enquanto ele permaneceu prestando depoimento na delegacia, policiais militares foram na chácara do Bairro São Manoel e desenterraram as armas. Os policiais recolheram Tulio Batista na prisão por infração ao artigo 12 da lei 10.826/2003 (posse das armas).

A polícia diz que o caso está esclarecido, e vai relatar o inquérito apontando os autores do roubo: Lucas, Tulio e a adolescente (infração ao artigo 157 do Código Penal) e também vai indiciar Kléber Cesário (sobrinho do casal), será indiciado Michel Augusto e sua namorada Suelen, por infração ao artigo 29 do Código Penal (participação direta no crime); os três estão soltos (Kléber, Michel e Suelen), mas terão que responder no Fórum. A menor foi ouvida e liberada; ela deu detalhes importantes para que a polícia esclarecesse o caso. Todos os envolvidos são moradores da cidade.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

Assaltante é morto em Sorocaba quando assaltava uma loja

Foto/Diário de Sorocaba
Um rapaz de 18 anos morreu baleado quarta-feira à tarde (25/06), após assaltar uma loja de grifes na Rua Santa Rosália, próximo ao Largo do Líder, no Além-Linha, em Sorocaba. 

Ele e dois adolescentes, de 16 e 17, invadiram o comércio e renderam o gerente, que ficou sob a exigência dos criminosos por cerca de 20 minutos. Segundo a vítima, foram momentos de horror, que pareciam não terminar. “Eu fui ameaçado a todo tempo, pensei que ia morrer. Tremia o tempo todo, fiquei muito nervoso. Nunca passei por uma coisa assim na vida”. 

Os policiais militares da 5ª Companhia faziam patrulhamento pelo bairro e passaram em frente ao local, bem na hora do roubo. Comerciantes que viram a ação apontaram o trio aos agentes. De acordo com o sargento Jidijá Marques da Silva, os ladrões chegaram num Fiat Fiorino, furtado na última segunda-feira (23/06), em Sorocaba. O carro foi estacionado na rua atrás da loja para não levantar suspeitas. 

Em seguida, o indivíduo entrou no estabelecimento e perguntou ao gerente o preço de um tênis e de uma blusa. Ele deu o valor e, em seguida, o ladrão apontou um revólver calibre 32 em direção à sua cabeça, gritando: “Eu vou levar tudo, cara! Vou te matar!”. O gerente pediu que ele levasse qualquer produto, mas não lhe fizesse nada. O criminoso fazia várias ameaças, insistindo que iria matá-lo. Ele amarrou os pés e punhos da vítima com uma fita. Depois obrigou-o que se deitasse no chão, com o rosto virado para baixo.

Enquanto isso, os menores separavam diversas roupas e calçados em sacos de lixo. Sem que eles esperassem, o sargento Jidijá e outros policiais militares renderam-nos. O assaltante tentou pegar a arma que havia deixado em cima do balcão para atirar. O sargento atirou contra o infrator, efetuando dois disparos no peito do criminoso. O ladrão foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos. 

Horas depois, quando conseguiu acalmar-se, o gerente lembrou que tinha visto o criminoso passando com uma bicicleta em frente à loja. “Eu me lembro de ter visto o rosto dele. Ele já estava com tudo premeditado.” A vítima não conseguia recordar ao certo, mas parecia também ter visto os adolescentes sentados na praça em frente, esperando o comparsa. O proprietário disse que agora pretende reforçar a segurança da loja para não sofrer mais roubos. 

Os menores, que moram no Jardim Hungarês, foram levados à delegacia do plantão norte e autuados por roubo. O adolescente de 17 anos já possui passagens na polícia pelo mesmo crime. Os dois foram encaminhados à Fundação Casa. Já o assaltante de 18 não possuía documentos e não tinha sido identificado pela polícia.  

Reproduzida do Diário de Sorocaba.

terça-feira, 24 de junho de 2014

Homem é preso em Salto de Pirapora por descumprir medida protetiva

Uma guarnição da Polícia Militar cumpriu mandado judicial no final da tarde de terça-feira (24/06) prendendo o operador de máquina Francisco Xavier de Oliveira de 36 anos, residente no Jardim Daniel Hadadd, em Salto de Pirapora.

A polícia capturou o operador de máquinas quando ele saiu do trabalho e retornava para sua residência ao transitar pela Rua Arlindo Guilherme, no Jardim São Carlos. 

Segundo informação da polícia, Francisco Xavier teria agrido sua companheira e, portanto, foi indiciado pelo crime de lesão corporal tipificada como violência doméstica (Lei Maria da Penha).

A Justiça de Salto de Pirapora determinou medida protetiva (decidiu que o agressor teria que se manter a certa distância da vitima), mas segundo informação de fontes policiais, o operador de máquinas descumpriu a determinação da Justiça por esse motivo a Justiça decretou a prisão preventiva dele.  

O homem foi levado ao Distrito Policial da cidade e em seguida encaminhado para a cadeia transitória de São Roque onde ficou  aguardando ser transferido ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.


Não dá para viver sem notícia.

domingo, 22 de junho de 2014

Morador de Sorocaba é suspeito de tentar matar enteado

A Polícia Militar foi acionada para atender ocorrência de desinteligência na Rua Manoel Peres Colasso, Bairro Caputera, em Sorocaba.

Ao chegar no local os policiais ficaram sabendo que uma pessoa teria sido ferida no abdômen, por golpe de arma branca e estava internada no pronto-socorro do Hospital Regional de Sorocaba.

O rapaz vitima do golpe, Carlos de Almeida Soares, 23 anos, ao ser indagado no pronto-socorro disse aos policiais que após uma discussão familiar seu padrasto, Elcio Pedro da Cruz lhe desferiu golpe com faca.

O caso ocorreu no sábado à noite (21/06) e está registrado como tentativa de homicídio. A polícia não conseguiu localizar o suspeito.


Não dá para viver sem notícia.

sábado, 21 de junho de 2014

Criminosos explodem caixas automáticos do Banco do Brasil de Sarapuí

Três criminosos realizaram novas ações que resultaram em danos aos caixas automáticos do Banco do Brasil, situado na Rua Nossa Senhora das Dores, Centro de Sarapuí. O crime ocorreu na madrugada de sábado (21/06).

Após as explosões, os bandidos conseguiram pegar dinheiro e depois fugiram em veículo. Apesar do número de três criminosos os explosivos aplicados eram potentes que deixaram à logística do banco bastante danificada. O montante de dinheiro levado não foi divulgado.

A polícia apura o crime, mas não revelou características dos criminosos. Outro detalhe é que dessa vez não restou explosivo, por esse motivo não foi preciso acionar o GATE da Capital Paulista.


Não dá para viver sem notícia.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Homem é preso em Sorocaba porque tinha 9 motos furtadas escondidas na casa

Foto/Diário de Sorocaba
Após ser visto circulando com diversos veículos de alto valor e chamar a atenção por manter a própria casa como um depósito de produtos ilícitos, a Polícia Militar deteve o médico veterinário Marcos Eduardo Alberto Marcelo, 38 anos, na quarta-feira pela manhã (18/06). 

A polícia recebeu informações de que o acusado guardava nove motocicletas furtadas na casa onde mora, em um condomínio, localizado na Rua Pedro José Senger, na Vila Haro. A equipe resolveu montar campana em frente ao residencial e flagrou o indivíduo saindo em seu veículo HB 20, por volta das 9 horas. “Nós já estávamos há tempos com algumas informações sobre o crime de receptação relacionando o médico veterinário. 

Na madrugada de ontem, moradores nos disseram que viram nove motocicletas sendo transportadas por uma Picape, e entrando várias vezes no condomínio. Resolvemos montar campana em frente ao local e encontramos o infrator”, disse o tenente Alfredo Cuencas Massoni Neto, que comandou a operação. 

Em revista pelo imóvel, os PMs encontraram as motocicletas sem placas, que estavam guardadas dentro da sala, cozinha e quintal. Segundo o tenente Massoni, os veículos variam de 150 a 500 cilindradas. A mais cara delas – uma CB 500 – custa R$ 30 mil, e a soma do valor de todas chega a R$ 108 mil. 

Em levantamento feito na delegacia do plantão sul, onde a ocorrência foi apresentada, foi comprovado que as motocicletas foram furtadas de uma loja na Avenida Armando Pannunzio, na quinta-feira (12). Na ocasião, 12 motos foram retiradas do estabelecimento pelos ladrões. As duas que não estavam no imóvel possivelmente já teriam sido vendidas pelo acusado. 

Ainda, conforme a polícia, Marcos adquiria as motos dos furtadores, adulterava os documentos e placas para depois vendê-las a particulares. Na residência, os PMs ainda encontraram mais 100 peças de sons automotivos, alarmes, antenas, televisores de LED, computadores, monitores, peças de carro e uma tabela com os preços dos produtos e das motos. 

Durante diligências, foi verificado que o médico veterinário já tinha sido dono de um posto de combustível na Vila Haro. Apesar de seu nome não ter sido registrado em nenhuma passagem criminal, a polícia descobriu que Marcos está há muito tempo envolvido na receptação de veículos. “Ele é um especialista no crime e há tempos está no ramo, tanto que já foi visto por moradores transitando frequentemente com diversos veículos de alto valor, que possivelmente foram adquiridos de forma ilícita”, disse o tenente Massoni. 

As motocicletas e os produtos foram apreendidos. Marcos Marcelo foi autuado por receptação de veículos e objetos (artigo 180 do Código Penal). Ele seria transferido para a unidade transitória de São Roque. O delegado plantonista, Romeu Lara Júnior, disse que a polícia vai investigar se o médico veterinário tem relação com uma quadrilha especializada em roubos, furtos e receptação em Sorocaba. Os responsáveis pelo furto das motos e dos produtos também estão sendo procurados. 

Reproduzida do Diário de Sorocaba.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Bandidos explodem caixas automáticos de 3 bancos no centro de Piedade

Banco do Brasil/Foto/Jornal Terra Piedade
Em mais uma ação ousada, aproximadamente mais de 20 criminosos encapuzados, armados com pistolas e armas longas, possivelmente fuzis, atacaram três agências bancárias no centro de Piedade e numa ação muita rápida explodiram simultaneamente caixas eletrônicos: uma agência do Banco Itaú, duas agências do Banco do Brasil, e levaram dinheiro; não se sabe quanto em dinheiro eles levaram.

Após o crime os criminosos fugiram em quatro veículos. Depois da ação o caso foi irradiado pelo sistema de comunicação da Polícia Militar e um Kadet cinza ocupado com quatro homens foi abordado por policiais militares em Ibiúna; eles estavam com duas pistolas.
Banco Itau/Foto/Jornal Terra Piedade

Os indivíduos foram detidos e a polícia suspeita que eles participaram da ação em Piedade, mas os homens negam. Apesar da magnitude da ação criminosa, não ficou explosivo sem ser detonado no inteiro das agências, por esse motivo não foi preciso acionar o GATE da capital paulista. O fato ocorreu por volta das 02h da madrugada de quarta-feira (18/06) As forças policiais de Piedade trabalham no caso.


Não dá para viver sem notícia. 

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Jovem de Salto de Pirapora é preso por tráfico de drogas

Leonardo Aparecido
O jovem Leonardo Aparecido Grella Luciano de 20 anos, residente na Rua Maria A. da Silva, Bairro São Manoel II, em Salto de Pirapora está preso por tráfico de drogas, desde a madrugada de sábado (14/06).

Uma guarnição da Polícia Militar abordou ele e mais três pessoas na Rua Silvino Batista, no centro daquela cidade. 

Quando a polícia se aproximou, Leonardo Aparecido dispensou 16 frasconetes contendo cocaína, uma porção de maconha e a quantia de R$ 70,00 que seria oriunda da venda de drogas. 

Ele foi levado para a delegacia e o delegado Gilberto Montenegro Costa Filho ratificou o flagrante por tráfico de drogas (artigo 33 da lei 11.343/2006). Após o flagrante o jovem foi encaminhado para a cadeia transitória de São Roque, onde aguarda decisão da Justiça. Duas mulheres e outro rapaz que estavam com Leonardo no momento da abordagem foram liberados.


Não dá para viver sem notícia. 

Polícia de Sorocaba prende homem do tráfico e apreende 13 quilos de drogas e uma metralhadora

Após receber denúncia de que havia um veículo Hyundai branco produto de roubo, parado em frente uma residência na Rua Antonio Lopes Bravo, Vila Haro, em Sorocaba, a Polícia Militar enviou ao local, duas equipes coordenadas por oficiais.

As equipes averiguaram o veículo e em seguida entraram na casa e apreenderam cinco tabletes de maconha, pesando 4 quilos e, nove tijolos de cocaína, pesando aproximadamente 9 quilos; totalizando 13 quilos de drogas apreendidos. Os milicianos ainda apreenderam uma metralhadora 9 mm semiautomática, um carregador de metralhadora e outro carregador de fuzil. O responsável pelas drogas e as armas está preso.

David Felipe Rocha foi apresentado no Plantão Policial da Avenida General Carneiro, Bairro Cerrado, onde foi indiciado e preso sob acusação de infração ao artigo 33 da lei 11.343/2006 (tráfico) e artigo 12 da lei 10.826/2003 (posse ilegal de arma). Ao pesquisar o número do motor do Hyundai, a polícia ficou sabendo que o veículo foi roubado em dezembro do ano passado. O caso ocorreu no início da madrugada de segunda-feira (16/06).


Não dá para viver sem notícia.

sábado, 14 de junho de 2014

Seis mortos em acidente envolvendo 4 veículos, entre Cesário Lange e Porangaba

A Polícia Rodoviária registrou um grave acidente envolvendo quatro veículos que, trafegavam no final da noite de sexta-feira (13/06), pelo km 66+500 da Rodovia Camilo Príncipe de Moraes (SP 141), entre Cesário Lange e Porangaba-SP. 

Um veículo van colidiu com um Golf, logo em seguida um Fiesta que vinha atrás bateu no veículo van, um Gol que vinha na mesma direção bateu na traseira do Fiesta. Cinco pessoas morreram no local do acidente, e outra pessoa foi socorrida ao pronto-socorro de Cesário Lange, mas não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade; totalizando seis vitimas fatais. Uma pessoa ficou ferida, e segundo a Polícia Rodoviária aparentemente às lesões não são graves.

Este site/blog identificou quatro vitimas fatais: Adriano Soares Pereira de 38 anos, Luan Henrique Nascimento Silvério de 20 anos, Gabriel Perez Fabiano de 19 anos, ambos de Cesário Lange-SP, e José Fernandes de 67 anos, residente em Porangaba-SP. A reportagem não conseguiu identificar as outras duas vitimas fatais e nem a vitima que ficou hospitalizada (sobrevivente). A Polícia Rodoviária apresentou o caso na delegacia de Porangaba.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

Bandidos assaltam sitiante na zona rural de Piedade

Dois marginais de cara limpa e, armados com revólveres invadiram um sitio no Bairro Campininha, área rural de Piedade, e renderam um aposentado de 78 anos, que mora sozinho.

Após dominarem o sitiante, os criminosos agrediram o homem e depois o amarraram no sofá da residência. Eles recolheram certa quantia em dinheiro, roupas, eletrodomésticos e puseram no interior de um Fiat Uno Mille azul, placa CQY 5689.

Os dois fugiram no carro com os objetos. O idoso precisou de quatro horas para conseguir se soltar das amarras. A polícia investiga o crime, ocorrido no final da tarde de quinta-feira (12/06).


Fonte: Blog Bom Dia Piedade. 

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Polícia de Salto de Pirapora prende ladrão de moto

Um criminoso roubou uma motocicleta Twister preta, ano 2006, próximo ao Largo do Divino, no Jardim São Paulo, em Sorocaba. O crime ocorreu no final da manhã de quarta-feira (11/06).

O ladrão saiu com a moto, mas o veículo apresentou problema técnico, por esse motivo ele abandonou o veículo e, próximo da Faculdade Anhanguera na Avenida Armando Pannunzio, o delinquente rendeu outra vitima e roubou uma motocicleta CG preta, ano 2012, e fugiu com o veículo pela Rodovia João Leme dos Santos (SP 264).

A Polícia Militar informou o caso pela sua rede de comunicação. Uma guarnição da Polícia Militar de Salto de Pirapora diligenciou pela SP 264 e avistou o bandido trafegando pelo km 114 da referida rodovia.

Marcos Torres Almeida de 18 anos, morador do Bairro Cafundó, em Salto de Pirapora, estava com os documentos da primeira moto roubada no Largo do Divino. Ele mostrou o revólver usado para cometer os crimes: um revólver calibre 32 com 4 munições intactas que tinha sido dispensado por ele há poucos metros do local onde ele foi abordado.

O criminoso confessou que roubou a Twister e ainda mostrou o local que ele havia abandonado o veículo após o problema técnico. A polícia recuperou as duas motocicletas e prendeu o delinquente, que foi reconhecido pelas duas vitimas dos dois roubos.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

Quatro homens em cana por causa do tráfico: o líder do grupo é de Salto de Pirapora, dois são de Piedade e outro é de Pilar do Sul

Policiais militares receberam denúncia de que havia venda de droga, numa casa da Rua Inglaterra, Bairro Campo Largo, em Salto de Pirapora. No início da madrugada de quarta-feira (11/06), uma guarnição foi até o local e posicionou-se à distância observando  movimentação característica.

Após acreditar na situação de que o local era ponto de venda de droga, a polícia entrou na casa e surpreendeu cinco homens, e uma moça. Havia 58 pinos contendo cocaína, mais cocaína a granel e R$ 187,15, que seria da venda de entorpecente. O material e o dinheiro foram apreendidos. A adolescente de 14 anos, e o adolescente de 15 anos foram ouvidos e em seguida liberados na delegacia.

O delegado João Lúcio Pretti prendeu os quatro homens por tráfico, (artigo 33 da lei 11.343/2006), associação ao tráfico (artigo 35 da mesma lei), e por corrupção de menores (artigo 244-B do ECA). Os presos são: Nelson Nunes de Barros Filho, 22 anos, Júlio Alberto Fernandes de Oliveira de 18 anos, ambos residentes no Bairro Dos Moreiras, periferia de Piedade.

O chefe do tráfico, Paulo Roberto Ferrari de 28 anos, apelidado de “Paulinho Ferrari” residente no local dos fatos, e Leandro Fernando da Silva da mesma idade, morador do Bairro Santa Cecília, em Pilar do Sul. Leandro é conhecido no rol da criminalidade como “Leandro Cascão” e estava foragido do presidio de Iperó.


Notícia sem detalhe não é verdadeira, é suposição.

Desfecho do Crime - Júri de Sorocaba condena jovem acusado por homicídio passional

Na terça-feira (10/06), o promotor de justiça, José Augusto de Barros Faro acusou Clayton Júnior Gomes Uchoa Mendes, 21 anos, de ter sido o autor de quatro tiros que mataram Jéfferson Muniz Cerqueira.

A versão da Polícia Civil diz que, Jéfferson morava com um amigo numa obra onde também trabalhavam, na Rua Joaquim Machado, nº 569, Bairro Aparecidinha, em Sorocaba. Jéfferson teria comentado que uma moça chamada Juliane da Silva era bonita e ao comentar Jéfferson também demonstrou interesse em tentar conquistá-la. Clayton teria namorado com Juliane por três anos; o namoro teria terminado em agosto de 2010.

Ao saber do comentário e da suposta intenção de Jéfferson, o ex-namorado Clayton que ainda gostava da moça, movido por ciúme teria se dirigido até à frente do local onde Jéfferson morava. No final da madrugada de 23 de julho de 2011, Jéfferson chegou de motocicleta, foi surpreendido e em seguida alvejado por quatro tiros que resultaram na morte dele. O assassino fugiu. 

A polícia iniciou investigação e o delegado Basílio Cassar solicitou a prisão de Clayton. A justiça mandou prendê-lo, mas ele não estava mais em Sorocaba. Esteve procurado por um ano e meio, mas depois a polícia prendeu Clayton. O promotor pediu condenação por homicídio duplamente qualificado (artigo 121, parágrafo 2º incisos I e IV, do Código Penal, futilidade e recurso que dificultou a vitima de se defender).

José Augusto de Barros ainda citou em plenário que após ter matado Jéfferson, dois dias depois, Clayton teria assassinado Raimundo que morava com Jéfferson. Raimundo teria comentado que iria vingar a morte de Jéfferson. Os tiros que mataram Jéfferson e Raimundo foram disparados por uma pistola calibre 380. 

Clayton também responde processo que lhe acusa de ter matado Raimundo. O advogado André Ricardo de Lima defendeu absolvição do acusado, expondo aos jurados que não havia provas no processo suficiente para condenar Clayton: “Não há prova que indique a autoria, por essa razão invoco o princípio do in dubio pro reo”.

Os jurados ficaram convencidos pela versão da acusação e deliberaram pela punição. O juiz Danilo Fadel de Castro condenou Clayton a cumprir 12 anos, no regime inicial fechado e não concedeu direito de recorrer em liberdade. O advogado disse que vai apelar no Tribunal para anular a sentença. Clayton está preso no Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.


Quem comete crime está sujeito a pão de angústia e água de amargura.

terça-feira, 3 de junho de 2014

Homem é preso em Sorocaba acusado de molestar uma menina; no mesmo local a PM apreendeu 13 pés de maconha

Uma menina de 10 anos, estaria brincando na casa da vizinha e retornou para a casa de sua mãe chorando e nervosa. Ela reclamou que seu vizinho teria tocado suas partes íntimas. A mãe da criança chamou a Polícia Militar e informou o ocorrido.

Quando os policiais chegaram na casa do suspeito, situada na Rua Osvaldo Estefani Júnior, Bairro Santa Maria, indagaram ao suspeito Oseias Virgílio da Silva, 39 anos, a respeito da reclamação, mas o homem negou que tivesse atacado a criança, e em seguida denunciou que seu enteado Diego Pires Bento de 21 anos, cultivava 13 pés de maconha sobre a laje da casa. A polícia apreendeu os pés de maconha e também deteve Oseias por estupro de vulnerável (artigo 217-A do Código Penal).

Oseias foi levado para a delegacia onde a autoridade policial ratificou o flagrante. Os pés de maconha também foram aprendidos. O enteado de Oseias, Diego Pires estaria na casa antes da polícia chegar, mas com a aproximação da viatura ele teria fugido. O caso aconteceu domingo (01/06).


Não dá para viver sem notícia.  

domingo, 1 de junho de 2014

Polícia de Sorocaba identifica 5 jovens que atacaram ônibus no final de abril

A Polícia Civil de Sorocaba identificou os cinco jovens que participaram dos ataques aos quatro ônibus no Jardim São Marcos, na noite de 30 de abril deste ano. Dois deles foram apresentados na sexta-feira pela manhã (30/05), no 9º Distrito Policial. Três ainda não foram localizados, mas já estão com o mandado de busca e apreensão, segundo o delegado André Moron, responsável pelo caso. 

De acordo com as investigações, o crime foi perpetrado como represália pela morte, na noite anterior, do adolescente Marlon Cristian de Proença Barbosa, que tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Na ocasião, o rapaz estava acompanhado de outros dois amigos, quando foi baleado, no Jardim Itanguá 2. “Os jovens queriam vingar a morte do colega e, na manhã do velório, decidiram atacar os ônibus coletivos para chamar a atenção do grupo rival, que teria sido responsável pelo assassinato”, disse o delegado. 

Um dos envolvidos nos ataques foi encontrado na casa da mãe da namorada, no Wanel Ville 4. Fabrício Aparecido de Camargo, 18 anos, confessou sua participação no crime e também relatou os nomes dos outros quatro jovens envolvidos, dois deles irmãos. Um adolescente de 16 anos foi encontrado na casa da avó, no Jardim São Marcos, e também admitiu seu envolvimento de forma indireta. Ele disse que não incendiou os ônibus, mas ajudou a carregar os combustíveis. Os dois foram ouvidos e liberados. 

Os outros rapazes prestarão depoimentos assim que forem localizados. Segundo o delegado Moron, a polícia já instaurou inquérito e a justiça está analisando a prisão preventiva dos acusados, que serão indiciados por dano qualificado ao patrimônio público e formação de quadrilha ou bando. Ainda, de acordo com o delegado, todos eles são usuários de drogas e têm passagens por tráfico. 

A polícia pede às pessoas que estavam em um dos ônibus incendiados naquela noite que compareçam ao 4º Distrito Policial, situado na Avenida General Osório, 901, para denunciar os participantes. Não é necessário identificar-se. As investigações sobre o caso continuam. 

Reproduzida do Diário de Sorocaba.